24 fevereiro 2017

Resenha - O Par Perfeito - Nora Roberts

Título: O Par Perfeito
Autor: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Nº De Páginas: 320
Classificação: 5/5

Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.

Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.

Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?

No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Quando Hope se muda para BoonsBoro e assume a gerencia da Pousada Ryder foi bem rude a nova contratação e a nova moradora da cidade.Mas como todos sabem que com a mama ninguém discute e ela vence de todos inclusive dos filhos ela logo passou a ser uma das defensoras de Hope.

Depis de se alojar na Pousada Hope teve que se acostumar com uma certa moradora que aos poucos foi conquistando a amizade e o carinho dela,Lizzie,que em dado momento se torna uma peça chave para toda a história da Pousada BoonsBoro. E como não poderia ser diferente Lizzie também deu uma mãozinha para o mais novo casal da cidade.

Ainda resistente a se entregar emocionalmente e afetivamente Hope tenta levar uma vida normal apesar de tudo que passou em Washington e esquecer aqueles que lhe fizeram mal,aos poucos e aos trancos e barrancos com um implicância ali e umas discussões acolá e com uma ajudinha nada convencional de Lizzie Hope e Ryder começam a se entender. E juntos eles vão tentar desvendar os segredos e mistérios a cerca da vida de Lizzie e de seu amado Billy.

Não sei nem o que pensar sobre esse livro,somente que dos três esse foi meu preferido da vida,muito amor por esse casal e claro que não poderia faltar o casal da trilogia Lizzie e Billy,e que reviravolta minha gente,nunca poderia imaginar esse final e por tudo que eles passaram. 
Lizzie se fez mais presente e em certos momentos me tirou ótimas risadas. Só achei que algumas coisas foram concluídas e outras não deixando algumas pontas soltas.Adorei principalmente a evolução do relacionamento da Hope e do Ryder e do quanto eles souberam lidar com as diferenças um do outro. E é isso,mais uma trilogia finalizada aqui no blog e que venha mais Nora!!!!!

02 fevereiro 2017

Resenha - E Viveram Felizes Para Sempre - Julia Quinn

Título: E Viveram Felizes Para Sempre
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Nº de Páginas: 256
Classificação:5/5

Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...

Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.

Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?

A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Essa mulher me surpreende a cada livro,e claro que com esse não poderia ser diferente né,mas quem estiver pensando que seria uma "estória" nova se enganou,com a brilhantíssima ideia nossa autora favorita resolveu nos presentear com alguns "finais" que ficaram em aberto pra gente.Não sei vocês mas eu fiquei roendo as unhas pra saber o que aconteceu com tds os 8 Bridgertons no final de cada livro e sempre ficava matutando como seria esses finais. E cada Final Feliz foi de muita surpresa pra mim.

Fiquei pasmada com o epílogo de o Duque e Eu e com quantos membros ficou essa família,ameeeiii demais sobre como ficou a situação da irmã de Sophie,e principalmente sobre como a matriarca Violet conheceu o marido e a vida dela após sua morte e sobre o porque ela nunca se casou novamente,a cada livro lido eu torcia pra isso acontecer mas depois de conhecer um pouquinho sobre ela em um dos epílogos,super entendi seu ponto de vista e a cada finalzinho você perde as contas de quantos netos ao total ela tem,hahahaha...pois é gente esses Bridgertons são uns coelhos não param a produção nunca =P

Quem ainda não leu,estão esperando o que gentee!!!!!! Correeeee pra realizar essa leitura,garanto que vai ser super produtiva,e pra quem não curte muito romance de época vai passar a gostar :) Já com o coração em pedaços por não ter mais as trapalhadas desses irmãos pra alegrar minhas tardes!!!
 

09 janeiro 2017

Beco Club - Novo Parceiro do Blog!!!




Olá Pessoas,tudo belezinha com vocês??!! É com imenso prazer que venho contar pra vocês sobre a nova parceria do blog!!! Sim,somos parceiros do Beco Club \o/ 2017 começou muito bem ^^,mas Anne o que é esse Beco Club? Nada mais é que uma mistery box,sabe aquelas caixinhas que vem um livro surpresa e alguns mimos? Então é isso,legal né?!! E o melhor quem assinar a caixinha ganha 5% de desconto usando nosso código ;) você vai deixar essa passar?? Corre e assina gente,não percam tempo!!!! É só usar o código #livroaoavesso (deve ser colocado com essa # ok?!) e prontinho vocês já ganham os 5% na hora da compra e você ainda pode parcelar em até 12x.

Não percam a caixinha desse mês!!!! ;)

 Qualquer dúvida só me chamar na página do blog no face que também irei divulgar por lá,que responderei com todo prazer!!!

28 dezembro 2016

Resenha - A Sombra do Passado - Sylvain Reynard

Título:A Sombra do Passado
Autor:Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Nº Páginas: 304
Classificação: 2/5

A jovem e doce Raven Wood está em Florença trabalhando na restauração de O nascimento de Vênus, de Sandro Botticelli. Certa noite, ao tentar evitar que um sem-teto seja agredido, ela mesma fica em perigo, mas é salva a tempo pelo belo e poderoso William York. Depois desse encontro, eles se envolvem numa improvável e avassaladora paixão.

O príncipe vampiro jura seu amor por Raven e promete se vingar de todos os que um dia a feriram. Contudo, ela prefere não ceder à violência e, para surpresa de William, busca nele algum traço de humanidade sob a aparente frieza – alguma bondade que lhe permita entregar-se a ele sem receios.

Mas um perigo terrível pode pôr fim à felicidade do casal. Uma sombra se espalha por Florença, colocando em risco a paz que há séculos existe entre seres humanos e sobrenaturais. Enquanto tenta proteger Raven, o príncipe precisa descobrir quem o traiu e evitar uma guerra entre poderes há muito adormecidos.
Raven passou por um trauma na infância que mudou por completo sua vida, e fez com que se afastasse de sua família que até hoje faz vista grossa pelo que aconteceu.
William como sempre um deus grego dos vampiros tenda aos trancos e barrancos remediar esse trauma de Raven se vingando de todos que a fizeram mal e (como sempre ela é uma ingrata) dando seus xiliques.

Além de cuidar de Raven e cumprir a promessa que fez a ela de não infernizar mais a vida do Professor Emerson e sua família (mil suspiros),Will tem que travar uma batalha para descobrir quem foi a pessoa que o traiu pelo trono e evitar uma guerra entre clãs e de alguma forma recuperar algo que era seu por direito,mas alguém vai tentar atrapalhar todos os seus planos.

Enquanto isso Raven tenta remediar as coisas com sua irmã o que de inicio não vai ser nada fácil,mas com muito amor e paciência de Will (claro!) aos poucos sua vida vai entrando nos eixos mesmo com ameaças pairando por suas cabeças!!

Esperava mais dessa leitura,mais uma vez fui com muita sede ao pote e acabei me decepcionando,Raven é chata demais,perdi a conta de quantas vezes perdi a paciência com ela,e Will sempre ali prestativo pra quando ela quisesse,necessitasse e precisasse. Fora Will não consegui me apegar a nenhum outro personagem,até aqueles que eram de sua "confiança",mesmo gostando de Will tinha momentos que me irritava um pouco com ele com relação a esse cuidado "excessivo" com a Raven e com o modo como ela era referida pelos "suditos" deles e ele permitia. 

Foi uma leitura bem arrastada e maçante na maior parte do livro,infelizmente não foi minha melhor leitura do ano,mas faz parte né?!! E que venha 2017 que pelo que eu vi a Arqueiro vai surpreender e muitoooooo e já estou aqui surtada aqui com tanta novidade maravilhosa!!!!